Você está aqui
Home > Especial - Russia 2018 > A bola da Copa 2018

A bola da Copa 2018

Telstar

Mladen Antonov / AFPA bola foi batizada de “Telstar” por ser uma “estrela da televisão”, sendo também uma homenagem ao modelo da Copa de 70 do México, por ter sido o primeiro modelo a ter painéis escuros, um design feito para que ela se destacasse nas televisões preto e branco, o que mudou o padrão de cores das bolas para sempre.

Já a nova estrutura resgata o melhor da Brazuca, bola da Copa de 2014, e traz novas tecnologias.

Como evolução das antigas bolas oficiais (veja mais abaixo as bolas de copas anteriores) o novo painel traz um design de estampas metálicas e artes gráficas com efeito texturizado. A embalagem da Telstar 18 é feita com material reciclado, um compromisso da Adidas em produzir sustentabilidade.

No seu interior há um chip NFC, o que a torna a mais inovadora de Copas do Mundo até hoje. O chip permite uma interação com consumidores: através de seus smartphones (disponível apenas para Android e iOS para Iphone 7 ou mais recente), acessando o site da Adidas. Cada modelo irá gerar um número de identificação individual, habilitando conteúdos e informações exclusivas para o usuário. A experiência será personalizada e baseada em geolocalização, disponibilizando detalhes específicos de cada bola.

– A Telstar original é uma das bolas de futebol mais icônicas de todos os tempos e mudou o design do esporte para sempre. Desenvolver a Telstar 18 mantendo as características do primeiro modelo foi um desafio muito empolgante para nós. A nova estrutura de painéis e a inclusão do chip NFC estabeleceram um novo padrão de inovação e design no futebol e oferecem uma experiência completamente nova para jogadores e consumidores – comenta Roland Rommler, diretor de categoria de equipamentos de futebol da Adidas.

Fonte: Fifa, Lancepress, Adidas, Mladen Antonov / AFP

Deixe uma resposta

Top