Você está aqui
Home > Especial - Russia 2018 > Fim da linha…

Fim da linha…

Depois de todas as musiquinhas, propagandas de nação unida e milhões de pessoas que nunca viram um jogo de futebol gritando “Brasil!” a realidade bateu a porta. Não somos mais a pátria da chuteiras faz tempo. Enquanto continuarmos a criar “craques” toda a semana e supervalorizarmos jogares por falta de ídolos de verdade, o fim sempre será o mesmo.

Copas anteriores questionávamos a não convocação de pelos menos 4 ou 5 nomes. Hoje são esses que estão aí e olhe lá! Alguns não passariam por peneira alguma em outros tempos.Como um centroavante não faz nenhum gol em 4 partidas? Outro que almeja ser o “melhor do mundo” saiu da competição criticado mundialmente por suas atitudes?

Aos jogadores: Prestem atenção em suas atitudes. Tanto na vitória como na derrota vocês tem o dever de dar entrevista, um autógrafo ou um aceno, principalmente às crianças que se espelham em vocês. Caso fossem campeões, tenho certeza que todos voltariam ao Brasil para carreatas em corpo de bombeiro, festa em casas noturnas, etc. Mas como perderam, uns voltaram e não falaram nada, outro até sumiu dentro do aeroporto!! Ahh, nem vou falar dos demais que ficaram pela Europa para fazer turismo…

Parabéns ao excelente trabalho de Tite que conseguiu tirar “leite de pedra” com o material humano que tinha.

Dificilmente o fim da história será diferente em 2022 se alguma coisa não for revista.

 

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

Top